Conheça 05 *cinco problemas que fazem seu PC “dar pau” e aprenda como evitá-los

Conflitos, RAM com defeito, superaquecimento, vírus e até energia insuficiente podem deixar seu computador maluquinho. Veja como trazê-lo de volta ao normal.

Primeiro você nota um pequeno engasgo. Depois um programa congela. Talvez a máquina comece a fazer ruídos estranhos. E então a familiar “tela azul” do Windows surge bem à sua frente. Seu computador acabou de sofrer um “crash” (ou “deu pau”, na expressão popular) e tudo o que você pode fazer é reiniciá-lo e torcer para que a causa não seja algo fatal.

Há muitos problemas que podem levar um Computador  dar um Crash, e é importante saber como e porque eles acontecem para poder evitá-los no futuro. Afinal, o próximo crash pode ser o último. Veja a seguir cinco dos problemas mais comuns, e algumas soluções.

Conflitos de hardware

Muitas telas azuis são o resultado de conflitos de hardware, como por exemplo quando dois periféricos tentam usar a mesma IRQ (Interrupt Request) para se comunicar com o processador. Felizmente, em boa parte dos casos é possível detectar e resolver estes conflitos facilmente.

Abra o Gerenciador de Dispositivos (clique com o botão direito em Computador numa janela do Windows Explorer, escolha Gerenciar e, na janela que surge, clique em Gerenciador de Dispositivos) e você verá uma lista com todos os componentes de seu PC, de placas de vídeo a subcomponentes da placa-mãe que você nem sabia que existiam. Vê algum deles marcado com um triângulo amarelo? Isto é um sinal de que este componente em particular tem um problema (e pode estar causando mal-funcionamento de outros componentes que dependam dele).

Os dispositivos marcados com o triângulo amarelo tem algum tipo de problema

 Nesse caso clique com o botão direito do mouse sobre o item marcado e escolha “Atualizar Driver”. O Windows irá procurar automaticamente um driver mais recente para este dispositivo e, se encontrar, irá- instalá-lo. Se o Windows não encontrar nada, anote o nome do componente com problemas e consulte o site do fabricante.

Na maioria dos casos a atualização/reinstalação do Driver, e um reboot do PC, é suficiente para resolver o problema

RAM com defeito

Memória RAM com defeito é uma das principais causas de telas azuais e problemas no boot. Felizmente, os pentes de RAM são alguns dos componentes mais fáceis de testar e substituir.

O Memtest86+ encontrou problemas em um dos pentes de RAM deste PC

O primeiro passo é usar um utilitário como o Memtest86+ para se certificar de que a RAM é o problema. Se ele mostrar erros, é necessário determinar exatamente qual pente é a causa. Para fazer isso remova todos os pentes de memória do PC, e instale apenas um no slot primário (Slot 1) na placa-mãe. Se o sistema “der boot” sem problemas e o Memtest86+ não indicar erro, significa que este pente está bom. Desligue o PC, remova-o e repita o processo com os outros pentes até achar o culpado. Aí é só substituí-lo.

O calor é seu inimigo

Computadores ficam quentes. Sabemos disso por causa dos ventiladores barulhentos dentro de nossos desktops, ou do calor em nossas pernas após usar um notebook por muito tempo. Todos os componentes dentro de um PC geram calor, e esse calor pode tornar o sistema instável e levar a um crash. Na verdade, muitos computadores tem sensores que desligam automaticamente a máquina caso a temperatura do gabinete ou de certos componentes ultrapasse um limite, numa tentativa de protegê-los de danos permanentes causados pelo calor.

Se você suspeita que seu PC não está dispersando calor de forma eficiente, o primeiro passo é se certificar de que todos os ventiladores estão funcionando corretamente. Se um deles não está funcionando, ou gira lento demais, verifique se ele está corretamente conectado à placa-mãe. Se tudo parece OK mas ele ainda não funciona direito, o melhor é trocá-lo.

Depois, certifique-se de que todas as aberturas e filtros não estejam obstruídas por poeira, pelos de animais ou outro tipo de material que possa impedir um fluxo adequado de ar. Se encontrar problemas, você deve chamar seu técnico de confiança para realizar a limpeza e a troca dos coolers e fans.

Com tanta poeira assim, esses ventiladores não adiantam em nada

Se você tem um notebook, coloque-o sempre sobre uma superfície rígida e plana. Usá-lo sobre um travesseiro ou edredon, na cama, é uma receita para superaquecimento, já que o tecido sobre as saídas de ar e impede a refrigeração.

É possivel monitorar a temperatura do processador e de outros componentes da máquina com uma ferramenta como o PC Wizard, que é gratuito. E além da temperatura, ele pode lhe mostrar muitas outras informações sobre sua máquina.

Só “uma gotinha” de pasta térmica é o suficiente, acredite

Há várias teorias sobre a aplicação da pasta térmica, mas o objetivo é sempre o mesmo: a pasta preenche o espaço microscópico entre o processador e o dissipador, auxiliando na transferência de calor entre os componentes. Mas ela é ineficaz se aplicada em quantidade insuficiente, ou excessiva. Eu uso o “método da ervilha”: coloco uma gotinha de pasta, do tamanho de uma ervilha, bem no meio do processador e o dissipador sobre ela, deixando seu peso fazer o trabalho de espalhar a pasta.

Energia insuficiente

É divertido encher seu PC de componentes poderosos, e um overclock no processador pode trazer resultados interessantes. Mas há um limite antes que comece a faltar energia para tudo isso. E nesse caso seu PC pode ficar instável e reiniciar sem aviso.

Não há uma forma “fácil” de determinar quais componentes estão consumindo mais energia, mas os sites dos fabricantes podem ter uma ficha técnica com esta informação. A partir daí você pode calcular aproximadamente o consumo total da placa, e compará-lo à potência da fonte.

Se você determinar que a fonte não consegue sustentar a carga de todos os componentes, terá de instalar uma fonte de alimentação nova: uma fonte de 500 a 600 Watts reais deve ser o suficiente para as necessidades de um PC comum com bom desempenho. Se não puder fazer isso imediatamente, uma solução é desconectar os periféricos mais fominhas, como GPUs e unidades de disco.

O temido “vírus”

Sim, malware pode ser uma causa de telas azuis. Felizmente a solução geralmente é simples: abra um antívírus de confiança, certifique-se de que ele está atualizado e faça a varredura mais completa disponível em seu PC. Não use a máquina enquanto isso, faça um café e espere o processo terminar.

Se o malware tiver desabilitado seu antivírus (é possível) contate seu técnico de informática pois seus dados e informações estão em perigo.

Em Itajaí e Região você pode contar com a May.com Soluções em Informática, são 24 anos de experiência atuando em prol dos nossos clientes e parceiros.

O importante é não ignorar o problema: a cada vez que você faz isso, pode torná-lo pior a longo prazo.